Como consultar CPF no SPC e SERASA

A negativação do CPF nos órgãos de proteção ao crédito acontece por diversas razões. Se você realizou uma compra e não conseguiu honrar com o pagamento ou se pediu o financiamento no banco, por exemplo, sem terminar de quitar as parcelas, o seu documento é negativado. Por lei, uma pessoa só pode permanecer no SPC e no Serasa por três anos. Após esse período o seu débito não é anulado junto à empresa, mas o nome é tirado da negativação.

Para quem está com o CPF negativado e precisa regularizar a situação ou quer consultar quais débitos constam em seu nome, é possível realizar essa consulta pela internet. Há meios pagos e gratuitos de saber como anda seu crédito no comércio. Veja as dicas.

Consulta CPF no SPC e Serasa online

Com uma pesquisa simples no Google você consegue uma boa lista de sites que realizam consulta ao SPC e Serasa. A Brasil Consultas, a Fênix Consultas e muitas outras fazem a consulta a partir do CPF ou CNPJ fornecido para o site. Todos esses sites também pedem que você faça um cadastro com email válido e senha.

Acontece que, a consulta não é gratuita e nem sempre é atrativa para todos. Por outro lado, o pagamento é de taxas mínimas, cerca de 15 reais e você tem um relatório completo com todo o histórico e débitos do seu CPF. Se você é uma empresa, ainda pode contratar planos de consultas ilimitadas para seu comércio.

Aos que precisam fazer uma consulta rápida ao SPC e que não querem ou não podem pagar por isso, o site Boa Vista faz isso para você. Também é necessário criar um perfil, com cadastro através de email e senha pessoal. Você só pode consultar um CPF por cadastro. Já para a consulta na Serasa, no próprio site da instituição você consegue fazer isso. Além de saber seus débitos eles ainda negociam todas as dívidas.

Consulta CPF no SPC e Serasa pessoalmente

Aos que não gostam de realizar transações online, por colocar seus documentos nesses cadastros, tanto o SPC quanto o Serasa realizam as mesmas consultas pessoalmente. O melhor dessa opção é que isso é totalmente gratuito. Para você saber das suas restrições, é preciso se dirigir até um posto de cada um dos órgãos para realizar a pesquisa.

Vale lembrar que não é possível consultar pessoalmente o CPF de terceiros, a não ser que você seja, comprovadamente, uma pessoa jurídica.

Ficou mais fácil saber sobre seus débitos no mercado? Conta pra gente!

 

1 comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *